>

A série Rainhas materializa uma imaginação dos arquétipos do tarot, onde as figuras da corte empunham marcadores de luta, como a foice, a granada, o coquetel molotov e o fuzil, como resposta à violência política, social e econômica declarada contra as mulheres.